Estadão

Em discurso no Parlamento britânico, Zelensky pede mais sanções contra a Rússia

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, discursou nesta terça-feira, 8, no Parlamento britânico, ocasião na qual pediu que o Reino Unido aumente as sanções contra a Rússia em virtude da invasão de seu país. O ucraniano se disse grato ao primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, pela postura recente no conflito, e pediu ainda que a Rússia seja indicada como um país terrorista.

"Nós não vamos desistir, vamos lutar até o final", disse Zelensky. "Estamos pedindo a ajuda de vocês e dos países civilizados e lutaremos pela nossa terra, custe o que custar", afirmou o líder ucraniano.

O discurso foi seguido por uma sessão de aplausos. O presidente ucraniano contou com a solidariedade expressa formalmente da Câmara dos Comuns.