Início » Eternos traz o primeiro super-herói gay da Marvel
Estadão

Eternos traz o primeiro super-herói gay da Marvel

O Universo Cinematográfico Marvel cumpriu sua promessa e trouxe o primeiro super-herói gay em "Eternos". O filme, que chega aos cinemas do Brasil em novembro, irá apresentar novos personagens na Fase 4, entre eles Phastos, que será interpretado pelo ator Bryan Tyree Henry. O estúdio já havia sinalizado em 2019 sua intenção em criar um super-herói gay em seus próximos filmes.

Em entrevista recente ao "ScreenRant", o produtor de "Eternos", Nate Moore, contou que irá abordar a homossexualidade do novo herói de "forma natural" e esse não é o "tópico central do personagem", conforme afirmou.

A intenção dos idealizadores do filme é retratar a sexualidade de Phastos sem que o super-herói "passasse muito tempo segurando uma placa sobre isso, porque a sexualidade é apenas parte de alguém", ressaltou Moore.

"Na vida, a sexualidade não é a história completa de ninguém. Sim, nós achamos que isso não precisa representar toda a sua história. Achamos que, desse jeito, fica mais real… A gente se torna um melhor contador de histórias se colocamos isso (a homossexualidade) apenas como parte de quem alguém é. Então, sim, essa questão é uma parte importante do filme, mas o filme não é sobre isso. O filme é sobre quem o personagem é", concluiu o produtor.

No longa-metragem dirigido por Chloé Zhao (do premiado "Nomadland"), o super-herói Phastos é casado com o personagem interpretado por Haaz Sleiman, e eles têm um filho. "Eternos" mostrará o primeiro beijo gay masculino da Marvel.

Em entrevista coletiva, Haaz Sleiman contou que a equipe se emocionou quando os personagens se beijaram durante as filmagens do filme. "E é um lindo e muito emocionante beijo", revelou. "Todo mundo chorou no set. Para mim, é muito importante mostrar como uma família gay pode ser amorosa e bonita."