Estadão

Fábio Santos aprova rodízio de Vítor Pereira no Corinthians: No caminho certo

Na defesa, lateral-esquerda ou no banco de reservas? Não é possível cravar qual a posição de Fábio Santos diante do Internacional, neste sábado, pela sexta rodada do Brasileirão. Vítor Pereira não revela escalações antes e seguirá com seu rodízio no elenco do Corinthians. O experiente jogador, porém, aprova a estratégia do treinador, garante que o grupo vem entendendo a metodologia do português e já elogia o trabalho do chefe.

"Óbvio que no começo é natural estranhar um pouco, mas já estamos conhecendo mais o Vítor Pereira e sua comissão e aceitando numa boa (o rodízio) pelo crescimento do time, você vê jogadores crescendo o rendimento. Ele está aumentando o leque por posições, e temos entendido fácil a proposta dele, que está no caminho certo. Compramos a ideia e isso facilita com os resultados, para seguir nessa batida", afirmou o jogador.

O Corinthians faz dois jogos em sequência fora de casa, contra o Internacional para defender a liderança do Brasileirão, no Beira-Rio, e em La Bombonera, em Buenos Aires, pela penúltima rodada da fase de grupos da Libertadores, diante do Boca Juniors. A ambição é grande, não apenas pela manutenção da primeira posição na Série A, como também em tentar trazer a vaga nas oitavas da Argentina.

"O Inter é sempre difícil, se criou uma rivalidade muito grande nos últimos anos e sabemos que será um jogo duríssimo, mas temos de aproveitar nosso bom momento para se manter na liderança e depois, sim, pensar no Boca, em se classificar o quanto antes, sem deixar para a última rodada", enfatiza o lateral. Para não correr riscos com a concorrência, as façanhas só seriam possíveis com vitórias.

Neste sábado, Fábio Santos pode enfrentar Mano Menezes pelo Corinthians pela primeira vez desde que fizeram sucesso no clube. E o jogador não esconde seu apreço pelo agora comandante do Internacional.

"Mano é um cara que tenho um carinho especial, com uma relação próxima, muito boa. Quando eu estava no Galo (Atlético-MG), e ele no Cruzeiro, nos enfrentamos diversas vezes. Aqui é a primeira", enfatizou. "Será bacana reencontrá-lo e espero que o Corinthians leve vantagem. O Vítor passa e cobra isso, de a gente manter o mesmo rendimento dentro e fora, sabemos que é difícil, nosso torcedor faz diferença grande, mas estamos buscando esse equilíbrio para buscar pontos importantes fora. Temos e jogar bem fora também".

Apesar de a competição estar apenas no começo, Fábio Santos admite ser cedo para saber se o time vai brigar pelo título. Contudo, coloca o Corinthians entre os candidatos. "Dá para candidatar o Corinthians, sim, pelo elenco e a camisa, a grandeza pede isso. Pontos corridos com o Corinthians na frente faz a diferença, pois está acostumado a brigar por títulos. Obviamente que é cedo, estar agora em primeiro ou sexto não faz diferença, mas queremos nos manter no topo o máximo possível para ver na reta final o que vamos disputar."