Estadão

Frank Langella é investigado por assédio sexual durante gravações da Netflix

Frank Langella, 84, se tornou suspeito de assédio sexual e está sendo investigado pela Netflix, após colocar a mão nas coxas de uma colega de trabalho no set de filmagens. "Você gostou daquilo?", teria perguntado o ator a outra integrante do elenco da minissérie <i>A Queda da Casa de Usher</i>, criada por Mike Flanagan e inspirada no conto de Edgar Allan Poe publicado em 1839.

Segundo o site norte-americano <i>TMZ</i>, o assédio não parou nesse ponto. Depois de assediar a colega de trabalho, Langella teria feito piadas de péssimo tom, também com teor sexual.

Apesar da investigação, a Netflix continua com as gravações de <i>A Queda da Casa de Usher</i>, no Canadá. O ator não está participando das cenas, já que seu personagem é secundário na trama.

O <b>Estadão </b>entrou em contato com a Netflix, mas até o fechamento desta reportagem, não recebeu um posicionamento da plataforma de streaming.