Início » Gabinete da China sinaliza cortes de compulsório para sustentar economia real
Estadão

Gabinete da China sinaliza cortes de compulsório para sustentar economia real

A China vai utilizar instrumentos de política monetária, inclusive cortes de compulsórios bancários, para sustentar a economia real, principalmente pequenas e médias empresas, segundo o Conselho Estatal chinês, que corresponde ao gabinete do país. Pequim vai evitar estímulos "excessivos" e manter a política monetária estável e cada vez mais eficaz, afirmou o gabinete, para reduzir custos de financiamento para companhias de pequeno e médio portes que enfrentam a tendência de alta dos preços de commodities. A última vez que a China reduziu compulsórios bancários foi em abril de 2020, liberando cerca de US$ 56 bilhões para impulsionar a economia afetada pela pandemia de covid-19. Fonte: Dow Jones Newswires.