Cidades

Guarulhense de 7 anos conta com vaquinha para tratamento de doença rara

“Imagina seu filho querer pular amarelinha e não poder?”. O questionamento é de Thiago Aprigio do Amaral, morador do Continental e pai de Bianca, uma menina de 7 anos que, apesar de carregar o sorriso no rosto, encara dificuldades que crianças da sua idade sequer imaginam enfrentar.

Bia foi diagnosticada com uma doença rara nos ossos, conhecida como Osteogênese Imperfeita. Essa doença tem origem genética e afeta uma em cada 25.000 crianças deixando os ossos tão frágeis que uma pequena queda ou pancada podem causar fraturas.

Bia teve a primeira fratura com oito meses de idade

“Quando estava grávida de oito meses, meu esposo foi fazer uma cirurgia na AACD, porque ele tem a Osteogênese Imperfeita. Ele tem mais de 300 fraturas. O médico perguntou se ele era casado e tinha intenção de ter filhos, quando soube da minha gravidez e perguntou dos exames e disse que a filha tinha 50% de chances de ter a mesma doença”, conta a mãe de Bianca, Claudia Aparecida de Oliveira Dorta.

O alerta fez com que os pais optassem por uma cesariana no parto. E, após o nascimento, a criança foi levada à AACD para uma avaliação e, segundo a mãe, o médico não detectou nenhum sinal da doença. Contudo, a partir dos oito meses de idades, as fraturas começaram a aparecer.

Bianca, que tem a doença conhecida como “Ossos de Vidro”, precisa colocar hastes telescópicas que ajudam no crescimento sem precisar ir ao centro cirúrgico várias vezes ao ano. O equipamento, entretanto, exige alto investimento no Brasil. Os pais conseguiram um hospital nos EUA que receberá a menina e realizará os procedimentos, mas para bancar parte do tratamento, uma vaquinha foi criada para apoiar Claudia e Thiago na missão de ajudar a menina.

“É bem complicado nosso cotidiano. Minha esposa não pode trabalhar. Eu sou cadeirante, faço Uber, mas as coisas estão difíceis. Acordo todo dia 2h da manhã pra trabalhar e dar o mínimo de conforto pra tocar o tratamento pra Bia”, acrescenta Thiago.

Paola Oliveira abraçou a causa

A Atriz Paola Oliveira gravou um vídeo pedindo apoio para Bianca. Lançada recentemente, uma vaquinha virtual tenta levantar R$ 90 mil de apoio aos pais. Até o momento, os 169 apoiadores conseguiram um aporte de R$ 12 mil. Para ajudar na causa, basta clicar no link.