Política

Guti é o único prefeito que obteve mais de 50% do eleitorado desde 2000

Um levantamento realizado pelo GuarulhosWeb levando em consideração os resultados das eleições em Guarulhos desde 2000 mostra que o prefeito eleito, Guti (PSB), foi o único a obter votos da mais da metade do eleitorado apto a votar. No último domingo, os 481.541 votos que recebeu representam 53,33% de todos os eleitores do municipio, o que significa apoio da maioria absoluta da população. Se considerar apenas os 699.497 que compareceram às urnas, Guti obteve 68,84% do eleitorado. Em relação aos votos válidos, a votação foi de 83,5%, que deu a ele o posto de candidato mais bem votado proporcionalmente de todo o Brasil. 
 
Em 2000, Elói Pietá (PT) foi eleito prefeito no segundo turno com 213.838 votos, o que representou apenas 39,09% do total do eleitorado daquele ano, que era de 546.932 eleitores. 
 
Já em 2004, Pietá se reelegeu prefeito ainda no primeiro turno, quando obteve 278.555 votos. Apesar de levar 53.5% dos válidos, o número representou aprovação de apenas 42,8% do total de eleitores, que na ocasião somava 650.644 guarulhenses aptos a votar. 
 
Sebastião Almeida, o atual prefeito, eleito pela primeira vez em 2008, conquistou no segundo turno 320.472 votos ou 42,9% do total de eleitores, que eram 746.302. Quatro anos mais tarde, reelegeu-se prefeito com 344.238 votos, o que representou apenas 41,68% do total do eleitorado. 
 
Nesta segunda-feira, em um vídeo publicado nas redes sociais, Pietá menosprezou os votos recebidos por Guti, salientando que o prefeito eleito teve a aprovação de apenas 53,3% de todo o eleitorado, sem levar em consideração que em nenhuma disputa ele chegou perto deste número. Neste ano, Elói Pietá foi rechaçado pelo eleitor guarulhense, quando obteve nas urnas 116.676, o que representou 12,9% do total do eleitorado da cidade.