Estadão

JBS tem novo presidente no Brasil e nomeia ex-BC como membro de Conselho

O economista Carlos Hamilton Vasconcelos Araújo foi eleito membro independente do Conselho de Administração da JBS. Ele substitui Gilberto Xandó Baptista, que assume nesta segunda-feira, 17, a presidência da JBS Brasil, como havia sido anunciado em novembro passado.

Ex-diretor de Política Econômica do Banco Central (2016), Araújo é membro do Conselho de Administração da Brasilprev e do Conselho Curador da Fundação Getulio Vargas.

O executivo foi presidente da Cateno (2021); vice-presidente de Serviços, Infraestrutura e Operações do Banco do Brasil (2017-2018), Secretário de Política Econômica no Ministério da Fazenda (2016) e membro de conselho de diversas empresas (UBS BB Serviços, Banco Votorantim, Cielo, BB Seguridade e Neoenergia).

No balanço do terceiro trimestre de 2021, a JBS reportou alta de 142% no lucro líquido na base de comparação anual, indo de R$ 3,3 bilhões para R$ 7,6 bilhões.

A receita líquida consolidada chegou a R$ 92,6 bilhões, o que representou um aumento de 32,2%.

O bom desempenho da companhia foi puxado pelas operações na América do Norte, que atenuaram algumas adversidades no Brasil.