Estadão

Juros: DIs recuam em sintonia com dólar, petróleo e juros dos Treasuries

Os juros futuros estão em leve baixa na manhã desta quinta-feira, 19, acompanhando os movimentos do dólar ante o real e outras moedas, do petróleo, que cai mais de 1%, e dos juros dos Treasuries, em meio a temores de recessão com novos lockdowns na China e ao mesmo tempo com a inflação.

No radar desta quinta-feira ficam a divulgação da nova grade de parâmetros econômicos, com as projeções atualizadas de Produto Interno Bruto (PIB) e inflação (14h30), seguida de coletiva com o ministro da Economia, Paulo Guedes (15h). Também nesta manhã o Tesouro faz leilão de LTN e NTN-F (11h), o que pode trazer pressão pontual de alta.

Às 9h26 desta quinta, a taxa do contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2027 estava em 12,12%, de 12,17% no ajuste de quarta-feira. O DI para janeiro de 2025 cedia a 12,31%, de 12,38%, e o para janeiro de 2024 recuava para mínima de 12,93%, de 12,99% no ajuste anterior. O vencimento para janeiro de 2023 exibia taxa de 13,295%, de 13,334%.