Estadão

Macron e Scholz planejam visitas a Rússia e Ucrânia em meio a tensões

O presidente da França, Emmanuel Macron, e o chanceler da Alemanha, Olaf Scholz, planejam visitar a Rússia e a Ucrânia nas próximas semanas, ampliando esforços diplomáticos para prevenir uma invasão russa ao território ucraniano e superar as crescentes tensões entre as ex-repúblicas soviéticas. Macron pretende visitar Moscou na segunda-feira (7) e Kiev na terça-feira (8). Já Scholz viajará para Kiev no dia 14 e para Moscou no dia 15.

As visitas de alto escalão vêm num momento em que a China apoiou a exigência da Rússia de que a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) seja impedida de se expandir para a Ucrânia, e depois de os EUA acusarem nesta quinta-feira o Kremlin de planejar alegar um falso ataque de forças ucranianas – que a Rússia poderia usar como pretexto para tomar ações militares. Os EUA não forneceram detalhes da acusação, que Moscou negou com veemência. Fonte: Associated Press.