Início » Marcus Moreno traz A imagem como ausência ao Nelson Rodrigues
Roteiros

Marcus Moreno traz A imagem como ausência ao Nelson Rodrigues

"A imagem como ausência", trabalho de Marcus Moreno, inspirado na obra e na forma de criar do pintor americano Jackson Pollock (1912-1956), tem apresentações em 12 e 13 de julho (sexta e sábado, 20h), no Teatro Nelson Rodrigues.

O ponto de partida para esta criação é o da tela em branco, o espaço de acontecimento que está prestes a ser preenchido. Como um pintor que inicia sua obra com uma primeira marca de tinta sobre o quadro, a dança aqui vem do impulso interno/essencial, quase um alento vital, do movimento do corpo.

O desejo do artista Marcus Moreno de promover reflexões sobre espaços vazios, o silêncio presente nas coisas, a primeira impressão – por vezes ainda não descrita – do que se vê, teve início com a discussão sobre a qualidade das sensações proposta por Alberto Manguel, em seu livro "Lendo Imagens", e se intensificou a partir do contato com as obras de Pollock, conhecido por subverter o suporte e permitir a queda da tinta com a tela esticada no chão. Estimulada pela ação de ‘pintar pintando, percorrida pela forma, pela cor, pela abstração e sua capacidade de tornar-se movimento, a composição foi se constituindo com a urgência e o imediatismo de dançar.

‘Escorrer, ‘respingar, ‘(des)manchar, ‘(des)controlar são alguns verbos de ação que serviram como mote para criar uma série de pequenas improvisações. Tendo o corpo como propulsor de questionamentos levantados ao longo dos meses de trabalho, a pesquisa contou com a orientação da bailarina Key Sawao, que também colaborou com o treinamento corporal.

Projeto contemplado pelo Programa de Ação Cultural – Proac 2012 (Primeiras Obras de Produção de Espetáculo e Temporada de Dança), ‘A Imagem como Ausência propõe refletir sobre a presença do que não é necessariamente visto ou dito, num espaço em que o corpo se constitui pela sua própria ação e busca seu modo de fazer dança.

 

SERVIÇO: "A Imagem como Ausência", com Marcus Moreno. Dias 12 e 13/07 (sexta e sábado, 20h). Teatro Nelson Rodrigues.

(R. dos Coqueiros 74, Vila Galvão, Guarulhos, SP – Informações: 11 2459-1813). Capacidade: 197 lugares. Ingressos: Grátis. Duração. 40 min. Classificação: Livre.

Outras apresentações previstas: 01, 02, 10 e 11/08 – Mostra Primeiras Obras – Funarte (São Paulo); 03/08 – Centro Livre de Artes Cênicas CLAC (São Bernardo do Campo); 06/08 – Encontros de Dança – Teatro Tucarena (São Paulo). http://aimagemcomoausencia.blogspot.com.br

 

Ficha Técnica

Criação e Interpretação: Marcus Moreno

Orientação Artística e Treinamento Corporal: Key Sawao

Iluminação: Calu Zabel

Figurino: Thais Franco

Cenário: Marcus Moreno

Trilha: Movimentos da Suíte em Sol Maior de Bach.

Operação de Som: Vanessa Lopes

Fotos: Silvia Machado

Assessoria de Imprensa: Elaine Calux

Produção Executiva: Vanessa Lopes | INdependente – produção e arte