Estadão

Messi renovará com o Barcelona por cinco anos, diz imprensa catalã

Lionel Messi deve ficar no Barcelona. Nesta quarta-feira, a imprensa catalã garantiu que o argentino chegou a um acordo com o clube e renovará seu contrato por cinco anos. Ele teria aceitado uma redução salarial de 50% e decidido estender seu vínculo, que havia expirado no final de junho, de acordo com os jornais <i>Sport</i> e <i>L Esportiu</i>.

A novela da renovação de Messi já rendeu muitos capítulos. Depois de muito mistério e especulações em clubes como Paris Saint-Germain, Manchester City e até Inter Miami, equipe da liga dos Estados Unidos cujo dono é David Beckham, o jogador parece ter decidido ficar em casa.

O craque argentino entende que o Barcelona não passa por um bom momento financeiro e, por isso, quis ser "o primeiro a dar o exemplo". O acordo ainda não é definitivo, por isso os jornais da Catalunha tratam a situação como um "princípio de acordo". A definição de detalhes do contrato entre o jogador e os advogados do clube é o último impasse antes da oficialização da permanência.

A data para que isso aconteça também não está clara. O <i>L Esportiu</i> se mostrou mais otimista e sugeriu que o anúncio pode vir até sexta-feira. Já o Sport preferiu não se arriscar tanto e disse que há chance da notícia oficial da renovação sair somente no final desse mês.

Porém há um detalhe. Embora o <i>Mundo Deportivo</i> informe, junto com o diário catalão, que LaLiga aprovou o contrato de cinco anos de Messi, o argentino não ficaria até 2026 no clube. Uma cláusula no contrato tornaria o atleta embaixador do clube nos Estados Unidos durante parte do vínculo.

No ano passado, Messi deu uma entrevista exclusiva à Goal para falar sobre o período que pensou em sair da Espanha, e porque decidiu permanecer no Barcelona. Naquele momento, restava um ano em seu contrato e o jogador deixou claro à diretoria que queria sair. "Quando comuniquei isto para minha esposa e meus filhos foi um drama bárbaro. Toda a família chorando, meus filhos não queriam sair de Barcelona ou mudar de colégio. Todo este tempo foi duro para todos. Sabia com clareza o que queria, já havia entendido e dito. Minha mulher, com a alma dolorida, me apoiava e acompanhava", disse.

Na segunda feira, Joan Laporta, presidente do Barça, se mostrou confiante na renovação de seu principal jogador, que as negociações "estavam progredindo bem". Antes, Laporta havia dito que Messi "deseja seguir" no Camp Nou.