Início » Milena Titoneli perde de marfinense e fica sem medalha de bronze no tae kwon do
Estadão

Milena Titoneli perde de marfinense e fica sem medalha de bronze no tae kwon do

A brasileira Milena Titoneli perdeu a disputa da medalha de bronze na categoria até 67 quilos no tae kwon do, nesta segunda-feira, ao ser derrotada pela marfinense Ruth Gbagbi, por 12 a 8. Na história olímpica, o Brasil soma duas medalhas nesta modalidade, todas de bronze. Em 2008, Natália Falavigna conquistou o terceiro lugar, feito repetido por Maicon Siqueira, na Rio-2016.

Aos 22 anos, em sua primeira experiência olímpica, Milena teve pela frente uma rival experiente, campeã mundial em 2017 e bronze na Rio-2016. Com isso, o primeiro round foi de muito estudo dos dois lados, com as atletas buscando pouco o ataque, com o placar de 1 a 1.

O segundo round foi o mais disputado. Gbagbi abriu 4 a 1 no placar, mas Milena logo empatou, mas a rival, dona de um chute muito preciso no corpo, terminou o período com 6 a 4. Os últimos dois minutos sempre tiveram a africana na frente e um chute na cabeça da brasileira no minuto final definiu o triunfo da marfinense.

Com a derrota de Milena, o Brasil está fora da Olimpíada de Tóquio no tae kwon do. Ainda nesta segunda-feira, Ícaro Miguel foi eliminado na primeira rodada na categoria até 80 quilos, ao perder para o italiano Simone Alessio, após o juiz paralisar o combate, quando o lutador europeu vencia por 22 a 9. Ícaro não prosseguiu na competição até a repescagem porque Alessio perdeu na segunda luta para o egípcio Seif Eissa por 6 a 5.

No domingo, Edival Marques, conhecido como Netinho, estreou com derrota e foi eliminado. Derrotado por 25 a 18 pelo turco Hakan Reçber nas oitavas de final da categoria até 68 quilos.