Início » MST pode deixar fazenda do senador Eunício amanhã
Noticia-geral

MST pode deixar fazenda do senador Eunício amanhã

A expectativa da administração da Fazenda Santa Mônica é a de que nesta segunda-feira, 1, pela manhã o grupo do Movimento dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais Sem Terra (MST) deixe a agropecuária, que foi invadida neste domingo, 31. As terras, localizadas em Goiás, são de propriedade do senador Eunício Oliveira (PMDB), candidato ao governo do Ceará.

Há essa perspectiva porque o diretor administrativo da agropecuária, Ricardo Augusto, obteve uma decisão de “interdito proibitório”. Essa ação judicial tem como objetivo evitar algum tipo de ameaça de posse e foi ajuizada porque a movimentação do MST pela região já havia sido percebida no último mês. A decisão, conforme a administração da Santa Mônica, foi emitida pela comarca de Corumbá de Goiás pelo juiz Levine Raja Gabaglia Artiaga.

Nesse pedido de interdito proibitório, já há a solicitação de reintegração de posse. Essa ação só pode acontecer se for comprovada a invasão, o que deve ser verificado amanhã. Segundo o MST, há três mil famílias no local. A agropecuária foi escolhida para a invasão porque o MST diz que as terras são improdutivas. Já para Augusto, a ação surpreendeu porque a fazenda é produtiva e está localizada em uma região sem conflitos agrários.

Comentar

Clique aqui para comentar