Início » Policial militar fica ferido após ataque de fúria de morador de rua em frente a 1ª CIA
Policial

Policial militar fica ferido após ataque de fúria de morador de rua em frente a 1ª CIA

Agressor só parou com ataques após atingido com balas de borracha por policiais

Um morador de rua, dois pedaços de madeira em cada uma das mãos e a determinação em depredar viaturas em uma base da Polícia Militar na rua Silvio Barbosa, próximo a avenida Paulo Faccini, região Central da cidade.

O ataque de fúria aconteceu na noite da última segunda-feira, dia 29, por volta das 20h, quando um homem identificado pela polícia como sendo Benedito Rodrigo de Souza, de 35 anos, aproximou-se das viaturas estacionadas em frente à 1ª Companhia da PM e começou gritar dizendo que iria quebrar o que visse pela frente.

O soldado Wanderley Barbosa de Araújo, de 27 anos, juntamente com a soldado Alessandra tentaram acalmar os ânimos do suposto agressor para que ele largasse os pedaços de paus e não destruísse as viaturas. Irredutível em seu objetivo, o homem foi em direção aos veículos quando o soldado Araújo tentou detê-lo. Benedito então golpeou a cabeça do policial com os pedaços de madeira. Atingido, o PM caiu e continuou sendo agredido pelo acusado.

Neste momento – segundo informações passadas pela própria corporação – visando conter o ataque furioso contra o policial, a soldado Alessandra efetuou quatro disparos com balas de borracha na direção do acusado. No entanto, nenhum dos disparos atingiu Souza, que correu em direção a Paulo Faccini.

Logo após tentar fugir, Souza foi localizado por outra equipe da PM. O agressor negou-se novamente a soltar os pedaços de madeira até ser atingido por 10 disparos – todos com munição de borracha, quando tentou atacar mais policiais.

O soldado Araujo foi encaminhado ao Hospital Geral de Guarulhos (HGG) onde foi socorrido e levou 63 pontos na região da cabeça para fechar o ferimento. Já o acusado foi encaminhado ao 1° DP, no Centro.