Estadão

Pré-candidata ao Senado pelo podemos em Sergipe registra BO por ameaça de morte

Pré-candidata pelo Podemos ao Senado pelo Estado de Sergipe, a delegada Danielle Garcia registrou um boletim de ocorrência no sábado, 16, por ameaça de morte sofrida em seu perfil na rede social.

"Queria dizer que te vou processar por me teres ofendido. Não tô querendo saber se você é policial. E sim, estou ameaçando você. Vou te matar!", escreveu um usuário identificado como Vinicius Faria pelo Instagram. A conta foi desativada.

A delegada relatou ao <b>Estadão</b> que já foi vítima de outras ameaças indiretas pelo exercício da profissão, mas que, segundo ela, o teor das mensagens se tornou mais agressivo recentemente. Há oito meses, relata Danielle, ela recebeu uma outra ameaça de morte. À época, a Polícia Civil identificou o autor das mensagens, um homem que estava preso desde 2012.

Ainda de acordo com Danielle, após a repercussão do caso, o usuário ainda tentou pedir desculpas pelo ocorrido e logo após ocorreu a exclusão do perfil.

O Podemos Mulher publicou na tarde desta segunda-feira, 18, uma nota em repúdio ao ataque. "Atos que representam o pior de uma democracia, que vai contra tudo o que acreditamos e lutamos: a simples, necessária e cidadã presença das mulheres na política brasileira", afirma o texto.

Márcia Pinheiro, presidente nacional do Podemos Mulher, pediu apuração dos fatos. "Queremos que o indivíduo seja punido de medida cabível e seja responsabilizado quem fez ameaças. Nós como cidadãs não podemos andar inseguras", disse.

Delegada há 21 anos, Danielle foi candidata à prefeitura de Aracaju em 2020, derrotada no segundo turno por Edvaldo (PDT).