Cidades

Prefeitura homenageia instituições sociais conveniadas

Foto: Fábio Nunes Teixeira/PMG

A Prefeitura de Guarulhos homenageou nesta sexta-feira (3) 84 organizações da sociedade civil (OSCs) parceiras de programas sociais. Realizada no Adamastor Centro, a cerimônia de entrega de placas de agradecimento contou com a participação do vice-prefeito, Professor Jesus, representando o prefeito Guti, do secretário de Desenvolvimento e Assistência Social, Fábio Cavalcante, e do secretário de Educação, Alex Viterale.

“Queremos agradecer todas as instituições conveniadas que têm nos ajudado neste momento tão difícil de pandemia. O serviço público precisa de braços para que possamos auxiliar e atingir a população. E vocês têm sido esses braços nos ajudando, afinal ninguém é uma ilha”, disse o vice-prefeito.

Já o secretário Cavalcante destacou o programa de distribuição de refeições gratuitas em diversas regiões da cidade. “Agradeço a todas as organizações parceiras pelo serviço que estão prestando na ponta, principalmente nos anos pandêmicos. Se não fossem vocês, talvez não conseguíssemos implantar algumas ações. E aqui destaco o programa Restaurante do Bem, que é uma conquista porque distribui refeições gratuitas às pessoas em vulnerabilidade por meio do trabalho de vocês”, afirmou o gestor.

Para Viterale, as organizações da sociedade civil complementam ações da administração municipal. “O evento é para demonstrar cada vez mais que essas parcerias são de suma importância, porque o poder público não tem braços e pernas para alcançar todas as camadas da sociedade. É o terceiro setor que chega aos locais em que o poder público, muitas vezes, não consegue atingir”, disse o secretário.

Representando as instituições parceiras, a presidente do Núcleo Batuíra, Ana Lucia Silva, lembrou que tanto a Assistência Social como a Educação são áreas muito importantes para a sociedade. “Os dois últimos anos não foram fáceis. Deus nos dá oportunidade de fazer trabalho conjunto nessas secretarias. Agradeço poder trabalhar com dois setores essenciais: a educação, que transforma o mundo, e a assistência social, porque com fome ninguém faz nada”, relatou Ana Lúcia.

O evento contou ainda com apresentações de assistidos pela SDAS, por meio das instituições Coliseu Boxe, Instituto Criança Cidadã Circo Escola e Instituto Brasil Vivo, os quais realizaram demonstração de luta de boxe, executaram música ao violino, números circenses e dança hip hop.