Início » Projeto Brincando com Pipas reinicia atividades com alunos da rede pública em Guarulhos
Cidades

Projeto Brincando com Pipas reinicia atividades com alunos da rede pública em Guarulhos

Papagaio, raia, pandorga, gaivota, cafifa, estilão. Não importa os vários nomes que a pipa ganhe Brasil afora, o significado é o mesmo: a alegria da diversão ao ar livre, correndo contra o vento e admirando aquele colorido pedacinho de papel ganhar os céus. Possibilitar que crianças de todas as idades desfrutem desse gostoso passatempo em segurança é o objetivo do projeto Brincando com Pipas, que chega ao quarto ano de atividades em Guarulhos. Desenvolvido pela empresa educacional Evoluir, com patrocínio da EDP, distribuidora de energia elétrica de Guarulhos, com apoio do Instituto EDP, organização responsável pelas ações socioambientais do Grupo EDP e implementado em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, desde seu início o programa já colaborou para a redução de até 30% das ocorrências causadas por pipas na rede elétrica nos bairros e entorno das cinco escolas participantes: EPG Edson Nunes Malecka, EPG Jorge Amado, EPG Mário Quintana, EPG Tom Jobim e EPG Ver. Gilmar Lopes. Em 2021, a ação envolverá 32 professores e seis mil alunos da rede pública.

“O Brincando com Pipas surgiu da necessidade de reduzir a exposição ao risco de acidentes com pipas entre crianças e adolescentes, que podem ocasionar desde pequenos incidentes e acidentes até óbito, devido à descarga elétrica das redes de energia”, destaca a coordenadora do projeto da Evoluir, Thais Buratto. “Essas atividades são de difícil controle, por isso medidas preventivas são essenciais, principalmente de comunicação e educativas”, acrescenta. “Com esta iniciativa, a ideia é engajar as comunidades escolares para a adoção de hábitos e atitudes que preservem a vida e aumentem a segurança, sempre de forma lúdica e leve”, diz.

Thais explica que, ao mesmo tempo em que os alunos aprendem na prática a confecção de uma pipa, também aprendem conceitos sobre o caráter interdisciplinar da brincadeira e valores como ética, cidadania e cuidado com a vida, tudo alinhado à Base Nacional Comum Curricular (BNCC). “De forma transversal, o projeto promove pedagogias inovadoras na educação, com ênfase para a aprendizagem baseada em projetos (ABP) e o estímulo de projetos socioeducativos de intervenção na realidade, sempre com o foco em como conduzir esta brincadeira de forma segura e evitando acidentes”, ressalta.

“Nossa intenção com esse projeto é integrar o apoio à educação a soluções de problemas relacionados ao brincar com pipas, resultando na mudança de hábitos e atitudes sociais, tornando alunos e professores protagonistas nas suas comunidades, a fim de criarmos uma consciência coletiva cidadã”, destaca Paulo Ramicelli, assessor de diretoria do Instituto EDP.

“Nossa parceria com a EDP sempre foi muito boa, pois estão sempre dispostos a adaptarem às propostas à realidade de nossos educandos, principalmente neste momento de pandemia. Este ano, a culminância do projeto será realizada com campanhas de mobilização, planejadas e executadas pelos próprios educandos, através dos recursos da educomunicação. Esta ação é muito importante, uma vez que temos investido muito no ensino remoto na rede municipal”, afirma Fábia Aparecida Costa, Subsecretaria de Educação.

Dinâmica adaptada ao isolamento social

Em 2020, as ações do projeto foram adaptadas ao ambiente online devido às restrições impostas pela pandemia, e essa alternativa segue ainda este ano, com as principais atividades de forma virtual. No último dia 27 de março, os professores participaram do encontro sobre educomunicação, como formação complementar às reuniões realizadas na última edição. As missões serão conduzidas pelos educadores e executadas de forma online pelos alunos das cinco escolas participantes até junho. No lugar da intervenção física na escola ou no bairro, que é o objetivo final do Desafio Brincando com Pipas, os estudantes construirão campanhas virtuais de mobilização, compartilhadas com todos os alunos da rede municipal por meio da página Portal da Secretaria Municipal de Educação de Guarulhos.

Os materiais utilizados nessa versão virtual incluem três vídeos com conteúdo educativo e uma live com a equipe técnica de segurança da EDP, para que toda a comunidade escolar das cinco escolas envolvidas no projeto. “Precisamos continuar reforçando constantemente esses cuidados, pois mesmo alcançando uma redução nas áreas das escolas envolvidas, o número de ocorrências no município como um todo ainda é expressivo e cresceu em relação a 2020”, diz Thais Buratto. “Não só as crianças, mas os jovens e os adultos também precisam assimilar essas precauções”, completa a coordenadora do projeto da Evoluir.

Informação sobre brincar com segurança, ao vivo, para toda a família

Parte da programação do projeto, no próximo dia 06 de maio, a partir das 19h, no canal do Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos no Youtube, acontece a live “Conhecendo os caminhos da energia em Guarulhos para brincar com segurança”. O encontro contará com a participação de Jessica Daiane, educadora de campo do Brincando com Pipas, Andreza Alves, da área comercial da EDP, e João Paulo, técnico de segurança do trabalho da EDP. Será um momento de bate-papo para que alunos e familiares possam tirar dúvidas e conhecer um pouco mais sobre as medidas de segurança que garantem uma brincadeira livre de riscos.

Confira as principais dicas para empinar pipas de forma segura:
– O uso de cerol (mistura de pó de vidro com cola) é proibido e pode acarretar pagamento de multa pelo responsável. O cerol é um risco para motociclistas e pedestres e oferece perigo no contato com a rede de energia. Ao cortar a camada protetora da fiação, a linha interrompe a transferência de corrente elétrica, podendo provocar curto-circuito;

– Empinar pipas em locais como lajes e muros deve ser evitado. A proximidade com a rede elétrica aumenta o risco de acidentes;

– Um acidente causado por descarga elétrica pode deixar sequelas como queimaduras e até causar a morte.
Vale lembrar que, em caso de solicitações ou qualquer anormalidade na rede da Concessionária, os consumidores devem entrar em contato com a EDP, por meio dos seguintes canais:
– Site EDP Online: www.edponline.com.br
– Aplicativo EDP Online (compatível com as plataformas Android™, iOS e Windows Phone)
– Agências de atendimento (o endereço de cada ponto pode ser encontrado no site EDP Online)
– Central de Atendimento ao Cliente: 0800 721 0123 (ligação gratuita, 24 horas/sete dias por semana).