Início » Psoríase: conheça um pouco mais
Dicas

Psoríase: conheça um pouco mais

Há tratamentos que amenizam os sintomas e que proporcionam qualidade de vida a quem sofre com a doença

Coceira, placas avermelhadas na pele com escamas esbranquiçadas e lesões na pele podem ser sintomas de uma doença imunomediada, a Psoríase. A estimativa é que 2% da população sofra dessa patologia que atinge principalmente a pele, mas que em alguns casos pode afetar as articulações causando artrite psoriática. As áreas mais afetadas são as superfícies extensoras dos braços e pernas – cotovelos e joelhos – seguidos pelo couro cabeludo e região sacral.

A Psoríase é uma doença inflamatória – não contagiosa – e crônica, ou seja, não há cura para esta patologia. Há tratamentos que amenizam os sintomas e que proporcionam qualidade de vida a quem sofre com a doença. Não há estudos que comprovem se esta é uma patologia genética, mas cerca de um terço dos pacientes apresentam histórico familiar.

Tipos da doença

Psoríase Vulgar – Lesões de tamanhos variados, delimitadas e avermelhadas, com escamas secas, aderentes, prateadas ou acinzentadas que surgem no couro cabeludo, joelhos e cotovelos
Psoríase Invertida – Lesões úmidas, localizadas onde há dobras como couro cabeludo, joelhos e cotovelos
Psoríase Gutata – São pequenas lesões associadas a processos infecciosos. São mais comuns no tronco, braços e coxas
Psoríase Eritrodérmica – lesões que acometem 75% ou mais do corpo
Psoríase Ungueal – Depressões puntiformes ou manchas amareladas nas unhas e mãos
Psoríase Artropática – Surge de repente com dor nas pontas dos dedos das mãos e dos pés ou em articulações como as do joelho, em alguns casos pode estar associada ao comprometimento articular
Psoríase Postulosa – Neste tipo da doença, as lesões são mais comuns nos pés e nas mãos, mas com pus
Psoríase Palmo-plantar – As lesões aparecem como fissuras nas palmas das mãos e sola dos pés

Comentar

Clique aqui para comentar