Estadão

Real Madrid anuncia contratação de Tchouaméni, 2ª venda mais cara do Monaco

O Real Madrid anunciou na manhã deste sábado a contratação do jovem volante francês Aurélien Tchouaméni. O atleta de 22 anos é mais um jovem investimento do time espanhol que busca renovar o setor de meio-campo após a vitoriosa era comandada por Modric, Kroos e Casemiro, que juntos venceram cinco Ligas dos Campeões.

O Real Madrid chegou a um acordo financeiro com o Monaco e venceu uma concorrência com o PSG pelo jogador, que assinará com o clube pelas próximas seis temporadas. O jovem atleta está disputando a Liga das Nações com a seleção da França e será apresentado em Madri na próxima terça-feira, após exames médicos.

Após um acordo que poderá chegar a cerca de 100 milhões de euros (aproximadamente R$ 524 milhões) com o Monaco na última semana, o negócio finalmente foi selado. Serão 80 milhões de euros pela transferência e mais 20 milhões em bonificações futuras.

Tchouaméni se torna a segunda venda mais cara da história do Monaco, atrás apenas da venda de Kylian Mbappe para o PSG em agosto de 2017. O volante foi disputado entre PSG e Real Madrid logo após a frustrada negociação de Mbappe com o time espanhol, o que causou irritação aos diretores do Real Madrid. O Liverpool também mostrou interesse por Tchouaméni, mas não conseguiu superar a concorrência.

Autor da assistência na final da Liga dos Campeões, Frederico Valverde, de 23 anos, faz parte da renovação jovem do Real Madrid, que também contratou Camavinga, 19, na temporada passada. Modric está com 36 anos, Kroos com 32 e Casemiro com 30. Tchouameni chega com o perfil de um jogador mais físico, assim como Casemiro, e que também possui boa qualidade no passe.

Descendente de camaroneses, mas nascido em Rouen, na França, Tchouaméni iniciou carreira no Bordeaux antes de ir ao Monaco, pelo qual fez 95 jogos. Peça importante na campanha de terceiro lugar do time no último Campeonato Francês, o volante estreou na seleção principal em 2021 e vem ganhando espaço com o técnico Didier Deschamps. O meia foi nomeado jovem jogador do ano na temporada 2020/2021 quando chegou ao Monaco.