Estadão

Rogério Ceni vê evolução do São Paulo, mas cita erros e necessidade de vencer

O início do São Paulo no Campeonato Paulista é preocupante. Em três jogos conseguiu um empate em casa contra o Ituano e perdeu duas vezes como visitante, sendo a última na quinta-feira para o Red Bull Bragantino por 4 a 3, em Bragança Paulista (SP). O técnico Rogério Ceni apontou que a equipe teve evolução em relação aos dois primeiros compromissos, mas destacou erros cometidos e a necessidade de vencer.

"Os resultados precisam vir para classificar no Paulista, subir o nível de jogo. Não adianta jogar um bom jogo se no final você acaba entregando o resultado ao adversário. Nós sofremos muito para conseguirmos os nossos gols e entregamos com muita facilidade a possibilidade de gol ao adversário. Precisamos evoluir neste sentido e tentar as vitórias o mais rápido possível", afirmou o treinador.

"Acho que foi o melhor jogo que nós fizemos desses três. A tendência é que o time melhore. De positivo, tivemos a parte de propor o jogo, tentar ter o controle, finalizamos bastante. O poder de reação acho importante citar. Nós lutamos muito para conseguir os gols, mas não conseguimos sustentar a vantagem", explicou Ceni sobre a derrota para o Red Bull Bragantino.

O treinador ainda comentou como não desgastar tanto o time fisicamente, mas ainda assim conseguir bons resultados. "Primeiro temos que atingir o ponto que seja ideal na parte física. É lógico, precisamos de resultado, o futebol não é feito de jogar bem somente. Enfrentamos time de série A, são sempre jogos competitivos, mas nós precisamos de resultado e são poucas rodadas. Hoje (quinta-feira) foi um futebol mais agressivo e convincente, tomando conta praticamente de todo o jogo, mas não conseguimos o que queríamos", completou.

O próximo compromisso do São Paulo será na próxima quarta-feira, às 19 horas, contra o Santo André, no estádio do Morumbi, na capital paulista, pela quinta rodada. O time folga neste final de semana porque o clássico contra o Palmeiras, como mandante, foi adiado para 10 de março por conta da participação do rival alviverde no Mundial de Clubes.