Noticia-geral

Seca faz prefeitura de Cristais Paulista fechar escolas

Em Cristais Paulista (SP) a prefeitura decidiu suspender as aulas e liberar os alunos até o fim deste mês. O motivo é a seca que está deixando diariamente toda a população 20 horas por dia sem água. A prefeitura tem utilizado caminhões-pipa para distribuir água e estuda perfurar poços.

A administração municipal já havia decretado situação de emergência e o racionamento agora afetará diretamente a educação, deixando 1.600 alunos sem aulas até o dia 29 de outubro, na expectativa de que até lá a situação esteja contornada.

A alegação é que o funcionamento das escolas ficou prejudicado, pois a falta de água vinha dificultando a higiene dos banheiros e até o preparo das merendas. De acordo com a secretária de Educação, Ana Rosa Menecucci, a demanda dos alunos já ia além da capacidade dos reservatórios.

A prefeitura informa que essa folga forçada não deve prejudicar o calendário letivo, sendo que as aulas perdidas deverão ser ministradas no final do ano. Na cidade a falta de água vem sendo sentida há meses, mas o racionamento foi oficializado em setembro. Oito caminhões-pipa distribuem água no município, onde uma multa de R$ 100 foi instituída contra quer for flagrado desperdiçando o líquido.

Comentar

Clique aqui para comentar

Posso ajudar?