Estadão

São Paulo treina no Ceará e inicia preparação para clássico contra o Corinthians

O São Paulo abriu nesta segunda-feira a preparação para o clássico contra o Corinthians, marcado para quarta-feira, às 21h30, na Neo Química Arena. Antes de retornar à capital paulista, o elenco realizou um trabalho na academia do hotel em que esteve hospedado em Fortaleza, onde empatou por 1 a 1 com o Ceará.

Os jogadores fizeram exercícios na academia de manhã. De tarde, a delegação voltou a São Paulo, onde atletas importantes que estão lesionado permaneceram para dar continuidade aos trabalhos de recuperação de suas lesões no CT da Barra Funda, casos de Luciano, Miranda, William e Gabriel Sara.

Miranda trabalha para se livrar de um estiramento no músculo posterior da coxa esquerda, lesão parecida com a de Luciano. Já William trata de um trauma no joelho direito, enquanto Gabriel Sara lida com dores no pé esquerdo. Recentemente, Daniel Alves, Luan e Benítez retornaram de lesão.

A outra baixa continua sendo Arboleda, zagueiro que defende o Equador na Copa América. A sua seleção se classificou ao empatar com o Brasil e vai disputar as quartas de final da competição. Isolado depois que contraiu a covid-19, o técnico argentino Hernán Crespo segue sem poder treinar a equipe e mais uma vez será substituído por seu auxiliar, Juan Branda.

Já o zagueiro Léo será reavaliado depois de sentir um problema no aquecimento e ser substituído minutos antes da partida contra o Ceará. Sua presença contra o Corinthians é incerta.

Branda vai ensaiar o time titular no treino desta terça-feira, o último antes do clássico. A equipe treina a partir das 10h30 (de Brasília) e depois encerra a preparação. Em crise, o São Paulo não venceu ainda no Brasileirão após sete rodadas e é o ultime time dentro da zona de rebaixamento, com quatro pontos.