Estadão

SP faz mutirão para ampliar vacinação infantil contra covid-19 neste sábado

São Paulo promove o chamado Dia C de Vacinação" para ampliar a imunização infantil contra a covid-19 em todo Estado, neste sábado, 5. Mais de 5 mil postos ficam abertos das 7h às 19h, conforme a programação de cada um dos 645 municípios, para a aplicação da primeira dose na população de 5 a 11 anos. Pessoas com mais de 11 anos com segunda dose ou injeção adicional atrasada também podem buscar pelas unidades de saúde.

De acordo com o governador João Doria (PSDB), o Estado vai investir R$5,5 milhões para que os postos fiquem abertos neste sábado. O recurso será entregue em etapas e servirá para o pagamento de horas extras aos profissionais da saúde.

Será uma grande ação envolvendo todos os municípios do Estado para ampliarmos a cobertura vacinal das nossas crianças", disse, em nota, a coordenadora do Plano Estadual de Imunização (PEI), Regiane de Paula. É fundamental que os pais e responsáveis compareçam com seus filhos aos postos de vacinação e se protejam contra o coronavírus."

Desde 14 de janeiro, quando a imunizaçaõ de crianças contra covid iniciou em São Paulo, até às 9h18 deste sábado, 1.746.033 injeções foram aplicadas nos pequenos. Isso representa a imunização de 43,61% do público-alvo estimado vacinado com ao menos uma dose. A gestão estadual diz querer fazer essa taxa chegar aos 100% nas próximas semanas"

Crianças de 5 anos e as imunossuprimidas de 5 a 11 anos só recebem o imunizante da Pfizer. As demais podem ser protegidas pela Coronavac.

<b>Capital</b>

Na capital, o Dia C" vai ter busca ativa de faltosos e imunização de toda a população acima dos 5 anos, conforme informou a Secretaria Municipal de Saúde. Estão funcionando as Unidades Básicas de Saúde (UBSs), das 8h às 17h, e as Assistências Médicas Ambulatoriais (AMAs)/UBSs Integradas, das 7h às 19h.

Com o retorno das aulas presenciais, é fundamental ampliar e estimular a imunização no público infantil para preservar a saúde das nossas crianças", afirmou o secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido, em nota. O retorno às salas de aula da rede municipal está marcado para a segunda-feira, 7.

A UBS Brás é a única que fica fechada no sábado, por causa de mudança de endereço. A partir de segunda-feira, passa a funcionar na Rua Joaquim Nabuco, 165. Os moradores da região podem recorrer à Assistência Médica Ambulatorial (AMA)/UBS Integrada Pari (Rua das Olarias, 503) e também à UBS Belenzinho (Avenida Celso Garcia, 1.749).

As crianças devem estar acompanhadas por responsável maior de 18 anos e apresentar documento de identificação (preferencialmente CPF), carteirinha de vacinação e comprovante de endereço. Os imunossuprimidos devem apresentar documentação médica que comprove a condição.

Até às 13h da sexta, 4, 1.083.159 crianças de 5 a 11 anos haviam recebido o imunizante na cidade – o que representa 57% do público-alvo estimado.