Cidades

TCU libera implantação do people mover entre o Aeroporto e a Linha 13 da CPTM em Guarulhos

O Tribunal de Contas da União decidiu nesta quarta-feira, 9, pela liberação do contrato de implantação do People Mover entre a linha 13 da CPTM e o Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos. O órgão de controle federal voltou a analisar o processo, por conta de um pedido de vista feito pelo ministro Augusto Nardes, em dezembro.

Desta vez, Nardes seguiu os demais integrantes do TCU e concordou com o aditivo que permite à GRU Airport, concessionária que administra o aeroporto, a tocar o projeto de ligação por trilhos entre os três terminais de Guarulhos e a Linha 13-Jade da CPTM.

Segundo o ministro, foram enviadas contribuições ao relator Vital do Rêgo, que agradeceu a ajuda. Desta vez, o TCU admitiu a “precariedade” do atendimento aos passageiros que desejam chegar ao ramal de trem metropolitano que hoje usam ônibus oferecidos pela concessionária.

Vital do Rêgo votou por suspender os efeitos que impediam a execução do contrato com a AeroGRU, consórcio que implantará o sistema Aeromovel no local., mas pediu que haja uma fiscalização até a conclusão da obra.

Com a liberação do TCU, o contrato fechado entre a GRU Airport e o consórcio poderá ser reativado e assim dando início ao processo de implantação que era previsto em cerca de 18 meses.