Cidades

Técnicos da Cetesb colhem amostras de água do Lago dos Patos para análise

Na manhã de quarta-feira (26), técnicos da Cetesb – Companhia Ambiental do Estado de São Paulo estiveram no Lago da Vila Galvão, conhecido popularmente como Lago dos Patos, a fim de coletar amostras da água para análise de balneabilidade. A solicitação foi feita pelo grupo de meio ambiente das Câmaras Temáticas de Pesquisa e Proposições (CTPP) do Legislativo guarulhense, coordenado por Alessandra Ventura. O processo foi acompanhado por integrantes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

O Lago da Vila Galvão, que é um ponto turístico da cidade, tem apresentado água turva e barrenta. De acordo com Cláudio Roberto Palombo, biólogo da Cetesb, a coloração é resultado do caminho que a água percorre antes de chegar ao local. “Se a água passa por um ambiente que tem muito material em suspensão e é dessa cor, ela traz com ela esse material e vai acumulando. Caso a água fique um pouco mais parada, ele decanta, mas depende do tamanho desse material, porque às vezes ele não consegue decantar pela gravidade. A cor é apenas um dos parâmetros utilizados para a qualidade da água”.

Em análise anterior executada pela Sabesp – Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo, foi constatado que o índice de oxigênio dissolvido na água do lago alcança o valor mínimo de 5 miligramas por litro, recomendado para a manutenção da vida dos peixes. O coordenador de projetos estratégicos da Câmara, Devanildo Damião, explicou que a Sabesp orientou a CTPP de meio ambiente a buscar a análise da Cetesb para obter um diagnóstico mais preciso.

Damião disse que os resultados, que devem estar disponíveis dentro de uma semana, também poderão balizar ações e políticas públicas para tornar o local mais atraente e agradável. “O Lago dos Patos é um equipamento importante da cidade e recebe pessoas de todas as regiões. Essa análise vai trazer segurança para a população com a confirmação de que o aspecto barrento da água é normal. Por outro lado, na possibilidade de haver algum parâmetro anormal, será necessária uma intervenção que, o quanto antes for efetuada, melhor será o resultado para a sociedade”.