Cidades

Trem de Guarulhos chega no segundo semestre de 2014

As obras da Linha 13, orçadas em R$ 2,1 bilhões, devem durar um ano. O ramal sairá da atual Estação Engenheiro Goulart da CPTM, na zona leste, e vai até o Aeroporto Internacional, com uma parada intermediária chamada Guarulhos-Cecap. A linha terá 11

A linha deverá atender a cerca de 120 mil pessoas por dia útil. Segundo Jurandir Fernandes, secretário de Transportes Metropolitanos, a licitação foi feita para que a obra seja realizada em 12 meses, já que os custos levados em consideração preveem o trabalho intensivo durante três turnos por dia. “Serão quatro frentes de trabalho. Os pontos onde haverá maiores dificuldades serão nas transposições pelas rodovias Ayrton Senna e pela Dutra. O trem passará por viadutos de até 15 metros de altura, junto aos trevos das duas rodovias junto à Helio Smidt”.

Já na região do Cecap, depois de passar sobre a Helio Smidt, haverá a estação Cecap. Aí a linha seguirá junto ao leito do Baquirivu até a área do Aeroporto, mas por fora do sítio aeroportuário. “Ou seja, a estação Aeroporto, construída próxima ao Terminal 4, que está em obras, terá uma ligação direta com a cidade, beneficiando a população da região do Taboão”.

Jurandir Fernandes lembrou que esse novo trajeto, que não prevê a estação dentro do Aeroporto, permitirá que o Trem de Guarulhos avance além desta estação rumo a São João e depois para Bonsucesso, contornando o sítio aeroportuário, acompanhando o leito do rio Baquirivu.

 

EM OBRAS

 

Ligação do Cecap até Vila Galvão segue com obras aceleradas

 

Vila Endres terá ligação direta com a estação Tiquatira

 

Corredor Guarulhos-ABD seguirá pela Jacu-Pêssego

 

Rodoanel Norte facilitará acesso de Guarulhos a rodovias

 

Várzeas do Tietê cria parque na região da vila Any

 

FDE reformará seis escolas

 

Metrô ligará Internacional Shopping à região da avenida Paulista

Comentar

Clique aqui para comentar