Estadão

Tuchel testa positivo para covid-19 e desfalca o Chelsea na semifinal do Mundial

O técnico do Chelsea, Thomas Tuchel, testou positivo para a covid-19 neste sábado e não estará presente na semifinal do Mundial de Clubes da Fifa, em Abu Dhabi, na próxima quarta-feira, às 13h30. Tuchel agora seguirá os protocolos de auto-isolamento necessários, segundo o clube inglês.

Tuchel terá de cumprir quarentena mínima de cinco dias de acordo com a legislação da Inglaterra e, por isso, não viajará a tempo da semifinal, cujo adversário será definido no confronto entre Al Jazira, dos Emirados Árabes, e Al Hilal, da Arábia Saudita, neste domingo, às 13h30

O calendário do Chelsea reserva partidas importantes em fevereiro. Ainda neste mês, a equipe de Londres tem o confronto de ida contra o Lille, da França, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões no dia 22, e a final da Copa da Liga Inglesa no dia 27 diante do Liverpool.

O Chelsea viajará para Abu Dabi após o confronto deste sábado contra o Plymouth Argyle pela quarta rodada da Copa da Inglaterra e também não terá a presença do lateral-direito Reece James, que se recupera de uma lesão muscular na coxa.

Essa é a segunda participação do Chelsea na história do Mundial de Clubes. A primeira foi em 2012 e terminou com o vice-campeonato para o Corinthians, que venceu a partida por 1 a 0, com gol do atacante Paolo Guerrero.