Estadão

Ucrânia será abastecida por gás da Polônia a partir de amanhã

O mercado ucraniano passará a ser abastecido com gás proveniente da Polônia a partir de amanhã, informa o Operador do Sistema de Transmissão de Gás da Ucrânia (GTSOU, na sigla em inglês). "Agora, os participantes do mercado ucraniano receberão gás de três direções – Polônia, Hungria e Eslováquia", disse o GTSOU em comunicado.

Nos leilões de distribuição no sentido polaco-ucraniano serão fornecidos abastecimentos de curto prazo, já que não foram contratados anteriormente por períodos mais longos, como os modelos mensal, trimestral e anual.

Em média, a Ucrânia consome de 100 a 120 milhões de metros cúbicos (mcm) de gás por dia. Nos últimos três meses, o GTSOU celebrou acordos com os GTSOs relacionados, que aumentaram a capacidade de importação de gás para mais de 50 mcm por dia, o que representa cerca de metade das necessidades de gás natural do país.

"Nos últimos meses, o GTSOU trabalhou arduamente para criar rotas de importação de gás para garantir os recursos de gás necessários para a Ucrânia em qualquer cenário. Hoje, essa é uma questão crítica para a sobrevivência do país. Sou grato aos nossos colegas – GTSOs europeus – por sua importante contribuição para fortalecer a segurança energética da Ucrânia", disse Sergiy Makogon, CEO do GTSOU.