Economia

Vários setores serão reonerados, mas não da forma como governo queria, diz Maia

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), repetiu na tarde desta quinta-feira, 22, que o projeto da reoneração da folha de pagamento pode ser levado logo ao plenário da Casa, mas sinalizou que mudanças podem ser incluídas na proposta inicial. “(O governo) vai conseguir reonerar bastante setores, certamente não da forma como gostaria, mas o Parlamento é para isso, para debater e aprimorar o projeto”, declarou.

Além da reoneração, Maia acredita que em breve o plenário terá condições de votar os projetos do cadastro positivo e a duplicata eletrônica.

A declaração foi feita após encontro na Câmara com o ministro das Relações Exteriores da Itália, Angelino Alfano.

Antes de embarcar para Belo Horizonte, onde terá agenda no período da tarde, Maia recebe o novo presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TSE), José Batista Brito Pereira, e o presidente do Superior Tribunal Militar (STM), José Coelho Ferreira.