Início » Alfabetização e novas tecnologias é tema de encontro do Fórum Internacional de Educação
Cidades

Alfabetização e novas tecnologias é tema de encontro do Fórum Internacional de Educação

Na próxima quinta-feira (16), das 19h às 21h, o 2º Fórum Internacional de Educação dos Municípios do Alto Tietê apresenta a terceira sessão online voltada a educadores das redes públicas de ensino de doze municípios e ao público em geral. O encontro abordará os avanços e retrocessos nas políticas de alfabetização e os limites e possibilidades das novas tecnologias nos anos iniciais do ensino fundamental.

A transmissão será ao vivo pelo YouTube (https://www.youtube.com/c/forumeducacaoaltotiete) e contará com a participação das especialistas Telma Ferraz Leal e Lilian Bacich, que possuem ampla experiência na área de educação, além de professores e autoridades dos municípios de Arujá e Guararema.

O fórum é uma iniciativa das secretarias de Educação das cidades que integram o Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat): Arujá, Biritiba Mirim, Ferraz de Vasconcelos, Guararema, Guarulhos, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá, Salesópolis, Santa Branca, Santa Isabel e Suzano.

Nesta segunda edição o tema é Anos Iniciais do Ensino Fundamental: Desafios e Perspectivas em Tempos de Pandemia. As próximas transmissões acontecem nos dias 23 e 30 de setembro (quintas-feiras), também das 19h às 21h.

Reflexões para a educação

Na última quinta-feira (9) a segunda sessão abordou o tema formação de professores e políticas de avaliação para a aprendizagem, com os palestrantes Paula Baptista Jorge Louzano, diretora da Faculdade de Educação da Universidade Diego Portales em Santiago, no Chile, e Chico Soares, pós-doutor em Educação pela University of Michigan, nos Estados Unidos.

O encontro teve a participação da rede municipal de ensino de Guarulhos, com a subsecretária de Educação Fábia Costa e representantes dos municípios de Mogi das Cruzes e de Santa Isabel.

“Foi muito esclarecedor esse momento de reflexão e discussão para nós educadores, e principalmente por saber que a Educação de Guarulhos está no caminho certo ao observar as falas dos palestrantes. É importante reconhecer o trabalho de todos os profissionais da nossa rede durante a pandemia e ver que é possível se reinventar, tanto nas avaliações como nas formações dos professores”, destacou Fábia.