Início » Apesar de guarulhense ser preso por enaltecer ataques a escolas, cidade não estava na mira
Polícia

Apesar de guarulhense ser preso por enaltecer ataques a escolas, cidade não estava na mira

Foto: Reprodução/Band

Nesta quinta-feira, 10/6, três homens com idade entre 19 e 23 anos foram presos acusados de planejarem ataques a escolas em São Paulo. O GuarulhosWeb apurou que, apesar de um deles ser morador de Guarulhos, os colégios da cidade não estavam na mira dos criminosos.

A prisão dos suspeitos gerou uma série de boatos nas redes sociais de moradores de Guarulhos, dando conta de que escolas da cidade estariam sob risco. A reportagem apurou, contudo, que não há confirmação de tal intenção.

Segundo a TV Band, os acusados foram monitorados durante meses pelo DHPP (Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa), que investigou conversas entre eles nas redes sociais. Entre os tópicos abordados, ataques recentes em escolas do Brasil e do mundo, incluindo os casos de Saudades (SC), ocorrido no último mês, e Suzano, em 2019.

O adolescente envolvido no caso de Suzano, inclusive, mantinha contato com um dos detidos nesta quinta-feira. Eles trocavam ideias sobre ataques em escolas infantis.

Com os homens, a Polícia encontrou facas, uma ferramenta para abrir fechaduras, botas e roupas semelhantes às usada naquele ataque de março de 2019. Uma quantia em dinheiro também foi apreendida e, segundo os policiais, seria utilizada para a compra de uma arma de fogo.

Tags