Estadão

Biden determina aumento de tarifas a algumas importações da Rússia a 35%

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, assinou, nesta segunda-feira, 27, uma proclamação que aumenta as tarifas cobradas sobre algumas importações da Rússia a 35%. A medida acontece após o governo norte-americano suspender o status russo de "nação mais favorecida", como parte dos esforços para punir Moscou pela invasão da Ucrânia.

A Casa Branca não divulgou a lista dos produtos sujeitos à cobrança.

Antes, Washington já havia banido importações do setor de energia.