Economia

Bolsas fecham sem direção única em Nova York

O índice Dow Jones terminou esta segunda-feira, 15, em alta, mas as ações de empresas de tecnologia sofreram fortes quedas, o que fez o Nasdaq fechar a sessão em baixa. Um ambiente de cautela predominou nos negócios no início de uma semana com grandes destaques, como a reunião de política monetária do Federal Reserve, o referendo sobre a independência da Escócia e a oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) de ações do grupo de e-commerce chinês Alibaba.

O índice Dow Jones fechou em alta de 43,63 pontos (0,26%), aos 17.031,14 pontos, enquanto o índice Nasdaq recuou 48,70 pontos (1,07%), para 4.518,90 pontos. O S&P 500 encerrou a sessão perto da estabilidade, com queda de 1,41 ponto (0,07%), aos 1.984,13 pontos.

Operadores afirmaram que vendas desproporcionais de ações de maior risco revelaram o desejo dos investidores de se protegerem de potenciais mudanças na política do Fed. A expectativa é de que ao fim da reunião de política monetária, na quarta-feira, o Fed dê sinais mais claros sobre quando pretende começar a elevar as taxas básicas de juros.

Além disso, o declínio das ações de empresas de tecnologia deveu-se, em parte, à grande quantidade de gerentes de fundos que levantaram capital para abrir espaço para o Alibaba, cujas ações devem estrear na Bolsa de Nova York na sexta-feira, após o que pode ser o maior IPO do mundo. Amazon.com caiu 2,7% e Facebook perdeu 3,9%.

“A questão é em quanto e quando o Fed vai elevar os juros e qual será a reação do mercado quando isso acontecer”, comentou Bill Nichols, diretor de ações dos EUA da Cantor Fitzgerald. Os investidores também aguardam o resultado da consulta pública que vai definir se a Escócia permanece ou não como parte do Reino Unido. O referendo será realizado na quinta-feira e o resultado deve ser divulgado na sexta.

No noticiário macroeconômico, a produção industrial dos EUA caiu 0,1% em agosto, na comparação com julho, na primeira queda desde janeiro. Separadamente, o índice Empire State de atividade na região de Nova York subiu em setembro para o nível mais alto desde o fim de 2009.

Acordos corporativos também chamaram a atenção dos investidores nesta segunda-feira. A Microsoft concordou em comprar a Mojang, empresa sueca por trás do videogame Minecraft, por US$ 2,5 bilhões. As ações da Microsoft caíram 1,1%.

A Anheuser-Busch InBev, por sua vez, está negociando com bancos um financiamento para comprar a SABMiller, num acordo que pode valer cerca de 75 bilhões de libras (US$ 122 bilhões). As ações da ABInbev negociadas em Nova York subiram 3,3%. Fonte: Dow Jones Newswires.