Início » Caminhoneiros ameaçam nova greve por valor do díesel
Cidades

Caminhoneiros ameaçam nova greve por valor do díesel

Após o anúncio da Petrobras sobre o reajuste do valor do óleo dísel, sindicatos que representam caminhoneiros emitiram ameaças de paralisação. A greve, segundo um dos sindicalistas, pode ser iniciada “a qualquer momento”.

Em entrevista à revista Veja, Irani Gomes, presidente do Sindtanque de Minas Gerais (Sindicato das Empresas Transportadoras de Combustíveis e Derivados de Petróleo do Estado de Minas Gerais), afirmou que representantes de Rio de Janeiro, Espírito Santo, São Paulo, Brasília, Goiânia, Goiás e Bahia já demonstraram apoio à paralisação.

Os caminhoneiros não querem, entretanto, divulgar a data de um possível manifesto, temendo reações do governo. No último dia 9, 117 ocorrências de bloqueios foram registradas no Brasil.

Desta vez, os caminhoneiros se mobilizam, segundo a revista, por meio de um grupo de WhatsAp, com diversos líderes, inclusive o Zé Trovão, que chegou a ter decretada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes.