Cidades

Campanha de desarmamento começa a receber armas

Polícias Rodoviária e Federal poderão receber armas em troca de indenização

O comitê da Campanha de Desarmamento e pela Cultura da Paz se reuniu nesta quarta-feira na Associação Comercial e Empresarial de Guarulhos (ACE), no Bom Clima, para definir as primeiras ações voltadas para crianças e adolescentes.

Segundo a coordenadora do Fundo Social de Solidariedade, Sandra Carvalho, a reunião é importante para fortalecer a campanha e levar informações, principalmente para escolas e instituições sociais. "A princípio vamos focar no desarmamento infantil, em que as crianças serão instruídas a entregar suas armas de brinquedo", afirma.

Desde segunda-feira, a 1ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal de Guarulhos iniciou sua participação na Campanha do Desarmamento através dos recebimentos de armas. Nesta terça-feira, dois revolveres foram entregues. O posto da Polícia Federal no Aeroporto Internacional de Guarulhos também está autorizado a receber armamentos.

O agente da Polícia Rodoviária Federal, Celso Fernandes, esclarece que a pessoa interessada em entregar algum tipo de arma, deve primeiramente emitir uma Guia de Trânsito. A guia é uma autorização para transportar a arma até o ponto de coleta, obtida no site ou em qualquer endereço da Polícia Federal com validade de 24 horas. "Os voluntários que entregarem armas industrializadas receberão uma indenização que varia de R$ 100 a R$ 300", comenta.