Carro

Caoa Chery anuncia elétrico mais barato do país e quatro modelos híbridos

A Caoa Chery, fabricante brasileira de carros chineses, mais uma vez, tenta surpreender o mercado e anuncia uma reviravolta na oferta de produtos no Brasil. No momento que cresce no mercado, com SUVs e sedãs, para tudo e realinha seu portifólio. A partir de agora, venderá no Brasil apenas veículos elétricos ou híbridos.

Nesta semana, a empresa – que acabou de fechar uma de suas plantas industriais em Jacareí, no interior paulista –  confirmou a chegada de cinco modelos, sendo quatro híbrido e um 100% elétrico, que se apresenta como o mais barato do Brasil, roubando o posto recém assumido pelo Renault Kwid E-tech. Trata-se do EQ1, que será chamado de iCar no Brasil e custará R$ 139.900. O iCar, que será importado da China, tem motor de 61 cv e 15,3 kgfm. Já as baterias têm quatro módulos 27 células e capacidade de armazenar 30,4 kwh. Com isso, a autonomia do iCar é de 282 km.

Os outros são os híbridos Arrizo 6 Pro (R$ 159.990), Tiggo 5x R$ 169.990), Tiggo 7 (R$ 199.990) e Tiggo 8 Pro (R$ 269.990).  A Caoa Chery informou que a produção dos modelos já nacionais começa neste mês na fábrica de Anápolis, em Goiás.

No caso do Tiggo 5x, o motor 1.5 turboflex passa a render 160 cv e 25,5 kgfm. São 10 cv e 1 kgfm a mais na comparação com a versão anterior. Além disso, a Caoa Chery diz que o SUV compacto está até 13% mais econômico.

O Tiggo 7 Pro, lançado em dezembro com motor 1.6 turbo de 187 cv passa a ter uma segunda versão com o mesmo conjunto mecânico do Tiggo 5x. Assim, ele perde 27 cv e 2,5 kgfm. De acordo com a empresa, o SUV ficou 5,2% mais econômico. O Arrizo 6 Pro chega ao Brasil em agosto importado da China. O conjunto mecânico é idêntico ao dos outros modelos.

O maior SUV da fabricante é o próximo modelo a receber uma versão topo de linha com o sobrenome Pro. Além do visual exclusivo, o Tiggo 8 Pro será o primeiro híbrido plug-in da marca. O Tiggo 8 Pro Plug-In Hybrid começa a ser vendido em agosto. O SUV será produzido na fábrica da Caoa Chery em Anápolis.

Na comparação com a versão atual, o novo Tiggo 8 Pro tem dianteira redesenhada, com faróis mais afilados e grade hexagonal com diversos elementos cromados na parte inferior. O interior tem acabamento mais caprichado que o da versão vendida atualmente no Brasil.

A maior novidade é o complexo conjunto mecânico. Ele combina um motor 1.5 turbo com outros dois elétricos. A potência combinada é de 317 cv e 56,6 kgfm. Segundo a Caoa Chery, a autonomia no modo elétrico é de 77 km.

O Tiggo 8 Pro tem diversos modos de operação. Ele pode ser tracionado apenas pelos motores elétricos, apenas pelo motor a gasolina ou por uma combinação de dois ou três motores.