Esportes

Com belo gol de Mancuello, Fla vence Atlético-PR e chega à liderança

O Flamengo venceu o Atlético-PR por 1 a 0 neste sábado no estádio Kleber Andrade, em Cariacica (ES), pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. E, com o resultado, o clube carioca chegou a 34 pontos, dormindo na liderança da tabela. Com 30 pontos, o Atlético-PR segue na sétima posição.

Em disputa direta para se aproximar do G4, Flamengo e Atlético-PR fizeram um jogo disputado neste sábado. O time da Gávea iniciou a partida de forma agressiva e pressionou o adversário em seu campo. Everton e Guerrero se entenderam e criaram muitos lances. O elenco foi determinado e marcou rigorosamente. O belo gol de Mancuello coroou o esforço.

Os paranaenses conseguiram equilibrar a partida na primeira etapa, mas, na volta do intervalo, não foram capazes de impedir a pressão dos anfitriões e teve dificuldades de criar jogadas. O atacante Valter, que representou a melhor peça ofensiva da equipe, quase fez um golaço: ao ver que Alex Muralha estava adiantado, bateu de muito longe e acertou a trave. Menos incisivo, o clube tentou jogar nos contra-ataques – e não conseguiu marcar por pouco.

Ambas as equipes voltam a campo para a próxima rodada da Série A. O Flamengo enfrenta o Sport na Ilha do Retiro, em Recife, no próximo sábado (dia 13), às 16h. O Atlético-PR receberá o Palmeiras na Arena da Baixada, em Curitiba, às 18h30 do domingo que vem (dia 14).

JOGO – O Flamengo começou ofensivo e chegou ao ataque assustando o goleiro Santos no início. Aos 7, Mancuello cobrou falta no canto esquerdo e o goleiro Santos defendeu. Com o meio-campo se antecipando, Everton armou muitos contra-ataques. O Atlético-PR não demorou a responder. Walter quase marcou aos 14. Ao observar Muralha adiantado, chutou de muito longe, encobriu o goleiro e acertou a trave.

O Atlético se acertou, arrefeceu a pressão do adversário e o jogo ficou mais arrastado. A partida voltou a ficar um pouco mais emocionante nos minutos finais da primeira etapa. Em cobrança de escanteio, a bola sobrou para Réver. O zagueiro finalizou e, com o desvio na defesa, quase abriu o placar em Cariacica.

O time carioca insistiu em cruzamentos na área, mas não conseguiu deixar Guerrero em boa situação. No último lance do primeiro tempo, aos 46, Sidcley adentrou a área pela esquerda, fintou a marcação e finalizou forte. A bola tinha endereço no gol, mas Réver se esticou e desviou para escanteio.

Na volta do intervalo, o jogo ficou eletrizante. Nos três primeiros minutos, o Flamengo criou lances de perigo com Guerrero, Fernandinho e Willian Arão. O clube paranaense esboçou uma reação, mas, em contra-ataque, Guerrero recebeu cara a cara com Santos. O atacante driblou o goleiro, que tocou na bola. Sem ângulo, ele tentou ajeitar para o chute e foi prensado por Sidcley, que salvou.

A equipe do Rio não desistiu e foi premiada pela determinação. Aos 15, Fernandinho brigou pela esquerda, manteve a posse de bola e chutou cruzado dentro da área. O argentino Mancuello completou o lance com estilo e abriu o placar em Cariacica.

Após o gol, a pressão do Flamengo seguiu muito forte e chegou diversas vezes ao ataque. Para fortalecer o time, Paulo Autuori apostou em dois atacantes para igualar o placar. Aos 29, o clube paranaense chegou bem com um chute rasteiro de Otávio espalmado por Muralha. Aos 33, a bola sobrou para Lucas Fernandes, que acertou um chute forte e obrigou Muralha a fazer grande defesa de reflexo.

Nos minutos finais, o Atlético-PR tentou de tudo para empatar, enquanto o Flamengo buscou administrar o resultado. O time do Rio conseguiu permanecer com a posse de bola e venceu o jogo.

FICHA TÉCNICA:

FLAMENGO 1 x 0 ATLÉTICO-PR

FLAMENGO – Alex Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz, Chiquinho; Márcio Araújo, Willian Arão, Mancuello (Cuéllar); Everton, Fernandinho (Thiago Santos) e Paolo Guerrero (Felipe Vizeu). Técnico: Zé Ricardo.

ATLÉTICO-PR – Santos; Léo, Paulo André, Thiago Heleno, Sidcley; Otávio, Hernani, Vinícius (Lucas Fernandes); Marcos Guilherme (Luciano Cabral), Pablo e Walter (André Lima). Técnico: Paulo Autuori.

GOL – Mancuello, aos 15 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Chiquinho, Willian Arão (Flamengo); Santos, Léo, Pablo, Hernani (Atlético-PR).

ÁRBITRO – Emerson de Almeida Ferreira (MG).

RENDA – Não disponível.

PÚBLICO – 17.139 pagantes (19.036 no total).

LOCAL – Estádio Kleber Andrade, em Cariacica (ES).