Início » Como a utilização de simuladores digitais podem alavancar empresas brasileiras
Economia Tecnologia

Como a utilização de simuladores digitais podem alavancar empresas brasileiras

O mundo é cada vez mais digital. Antes mesmo da pandemia de coronavírus, já era possível realizar diversas atividades em poucos cliques ou toques. Com o surto de Covid-19, mais coisas passaram a ser feitas remotamente.

As compras, em geral, mostram claramente a mudança de comportamento dos consumidores. De acordo com um levantamento feito pela agência Conversion, divulgado pelo site E-commerce Brasil, o comércio eletrônico cresceu 40% no país em uma comparação entre março de 2021 e o mesmo mês do ano passado.

No entanto, dependendo do ramo de atuação, nem sempre é possível colocar os produtos ou serviços à venda, em um site, de maneira satisfatória para os clientes. O setor de espaços planejados, por exemplo, foi duramente afetado pela diminuição de visitas presenciais. Tanto é verdade que a Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop) registrou uma perda de 160 milhões de visitantes em 2020.

Diante deste cenário, os simuladores digitais surgem como uma alternativa aos lojistas que precisam divulgar seus produtos e serviços, porém, por causa do surto de Covid-19, não recebem mais tantos clientes em seus estabelecimentos físicos.

 

Vantagens dos simuladores digitais

De acordo com Ricardo Botega, CEO da Finger Digital – software house que oferece soluções em simuladores digitais –, a empresa que contrata esses serviços possui três vantagens principais: interagir com o cliente, oferecer mais segurança ao consumidor na escolha dos produtos/serviços e diminuir o grau de insatisfação.

“A interatividade oferecida pelos simuladores digitais gera engajamento com os clientes e dá aquele ‘gostinho’ de observar o produto ou serviço antes de adquiri-lo. Além disso, com tais soluções, o consumidor consegue visualizar, por exemplo, como a sua sala vai ficar com determinado móvel ou determinada cor. Isso gera mais segurança na compra e diminui as chances de reclamações futuras”, explicou Ricardo.

 

Tour virtual

Além da emulação de ambientes, também é possível oferecer um tour virtual ao consumidor, disponibilizando a ele uma experiência de compra completa. “Não é apenas mostrar o interior da loja, mas, sim, também todo o seu entorno. É como se o cliente fosse, de fato, até o estabelecimento, passando por ruas e avenidas próximas”, continuou o CEO da Finger.

 

Opções 2D e 3D

Ricardo ainda destacou que as soluções em simuladores digitais servem a quaisquer empreendedores, independentemente do tamanho da empresa. “São serviços que podem ser feitos sob demandas e que, dependendo do caso, são viabilizados rapidamente”, argumentou.

O cliente pode optar por simulações feitas em 2D ou 3D, sendo que a primeira alternativa é mais básica e, portanto, possui um tempo de elaboração menor. Já a segunda opção faz com que o usuário se sinta dentro do ambiente emulado, com a possibilidade de girar a imagem em 360º.

“Há um mito de que simuladores digitais são projetos complexos e que demoram para ficar prontos. Isso não é verdade. Toda empresa pode adquirir soluções e oferecer experiências únicas aos seus clientes”, completou.

 

Serviço

Finger Digital

Rua Dona Olinda de Albuquerque, 60 – Centro, Guarulhos/SP

fingerdigital.com.br