Início » Consumo de diesel tem alta de 3,7% em abril, mas gasolina cede 17% com pandemia
Estadão

Consumo de diesel tem alta de 3,7% em abril, mas gasolina cede 17% com pandemia

O consumo de diesel e de gás de cozinha continuou em alta em abril, enquanto gasolina, etanol, GLP industrial e QAV apresentaram forte queda, acompanhando as medidas restritivas por conta da pandemia do coronavírus, revelou o 55º Boletim de Monitoramento do Covid-19 do Ministério de Minas e Energia (MME).

Entre 1º e 27 de abril, o diesel teve alta de vendas da ordem de 3,7% e o gás de cozinha (GLP 13 Kg) de 0,1% na comparação com igual período do ano passado.

A queda mais forte continua sendo registrada pelo querosene de aviação (QAV), devido à limitação das viagens. O combustível fechou abril com um consumo 59,2% menor, segundo o boletim, que usa dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

O consumo de gasolina teve recuo de 17%, e o etanol de 16,1%. O Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) para uso industrial registrou consumo 8% menor do que há um ano em abril.

O boletim informa ainda, que o fator de utilização das refinarias da Petrobras subiu na última semana, para o patamar de 65,22%, depois de ter caído a 60% na semana passada.

A queda do processamento nas refinarias, segundo especialistas, pode levar a maiores importações no mês de maio, principalmente de diesel.