Cidades

Espaços públicos de leitura movimentaram 15 mil pessoas em março

Após implantar uma política pública assertiva, que fomenta a leitura nos espaços públicos, Guarulhos alcançou, no mês de março, a marca de 15 mil pessoas que frequentaram as Bibliotecas da Educação, os Centros Municipais de Incentivo à Leitura (CMILs), os Centros de Incentivo à Leitura (CILs) e as Salas de Leitura. Ao todo são 26 locais que oferecem diversas atividades gratuitas, abertas à comunidade, com o objetivo de disseminar e promover o hábito da leitura.

Recentemente a Prefeitura de Guarulhos, por meio da Secretaria de Educação, promoveu diversas ações com o objetivo de atrair mais leitores a seus espaços, como ampliação do acervo, mobiliário mais atrativo e acolhedor, além de inserir as gibitecas, grande novidade nos Centros de Incentivo à Leitura e CEUs da cidade, com cerca de 8 mil exemplares, entre histórias em quadrinhos, mangás e fanzines.

“Desde o ano passado aumentamos o quadro de funcionários e ampliamos a divulgação desses espaços. O próprio acervo é muito rico e variado. Além disso, aumentamos o atendimento abrindo os espaços aos sábados, dia em que muitos jovens, principalmente, frequentam esses locais”, explicou Luciana Morais, diretora do departamento de Gestão de Espaços Educacionais.

O jovem Diego Monteiro, de 18 anos, descobriu que o CIL do CEU Continental havia adquirido todos os volumes de seu mangá preferido, o que o motivou a visitar o local. “Eu fiquei muito contente quando cheguei da escola e vi todos os volumes do mangá. Peguei o volume 4, pois já havia lido os primeiros. Desde então fiquei quase três semanas lendo até terminar todos os que tinham na biblioteca”, disse.

Os espaços de leitura têm por finalidade dar suporte às atividades pedagógicas de ensino e pesquisa desenvolvidas nas escolas da Prefeitura, estimulando os leitores por meio de contação de histórias, exposições, saraus, rodas de conversas, entre outras ações que proporcionam aos alunos e munícipes novas aprendizagens e reforçam a importância da educação criativa e lúdica por meio dos livros.

Raquel Moura, mãe do aluno João Miguel, da EPG Mario Quintana, desde cedo incentivou o filho a ler. Hoje, aos nove anos, ele sempre volta dos espaços de leitura feliz e com uma história nova para contar. “É muito legal ter algo público e aconchegante. Ali mesmo no CEU Continental ele sempre pega os livros, gibis e volta todo feliz pra casa, além de utilizar o próprio espaço. É muito importante incentivar a criança a ler, traz paz e saúde”, destacou Raquel.

As obras que compõem o acervo são de diversas áreas do conhecimento, como literatura infantil, literatura juvenil e ficção, dentre outras. Os espaços de leitura funcionam de segunda a sábado, das 8h às 17h. Para saber os endereços acesse portaleducacao.guarulhos.sp.gov.br.