Estadão

Febraban lança nova ferramenta de finanças pessoais, com investimento de R$ 10 mi

O presidente da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), Isaac Sidney, ressaltou nesta quarta-feira a importância da educação financeira para a sociedade e a economia do País. Segundo ele, o impacto da pandemia sobre o bolso das famílias ampliou essa importância.

As afirmações foram feitas durante evento da Febraban para lançar um portal de finanças pessoais, chamado "Meu Bolso em Dia", desenvolvido pela entidade em uma cooperação técnica com o Banco Central. Segundo Sidney, a nova ferramenta é gratuita, e permite ao usuário fazer um diagnóstico de sua saúde financeira. "Deveria ser assim também com as finanças públicas", disse ele.

O portal utiliza inteligência artificial para levar conteúdos aos usuários. "Reafirmamos que a educação financeira é um instrumento fundamental para as pessoas, para a sociedade, para o setor bancário e, principalmente, para a economia brasileira do século 21", disse o presidente da Febraban.

Ele citou dados do Índice de Saúde Financeira do Brasileiro, compilado pela entidade, que mostram que quase 70% das pessoas gastam tanto quanto ou mais do que ganham; que quase 65% não têm segurança sobre o próprio futuro financeiro; e que quase 60% veem nas finanças um motivo de estresse. Os dados do Índice serão integrados à solução.

Segundo Sidney, os bancos investiram cerca de R$ 10 milhões na construção da plataforma, aplicados em tecnologia. No período de testes, que durou seis meses, mais de 10 mil usuários passaram pela ferramenta. Ainda de acordo com o executivo, a plataforma será um dos pilares do mutirão de negociação e orientação financeira, que a Febraban promoverá em parceria com o Banco Central e a Senacon.