Esportes

Federer bate Kyrgios em jogo com 3 tie-breaks e vai à final de Miami contra Nadal

O fã de tênis em Indian Wells, na costa oeste dos Estados Unidos, deve estar com raiva e talvez decepcionado neste momento. Há pouco mais de duas semanas, o suíço Roger Federer e o australiano Nick Kyrgios não puderam se enfrentar pelas quartas de final do primeiro Masters 1000 da temporada de 2017 por causa da desistência do tenista da Oceania. Nesta sexta-feira, os dois enfim duelaram, pelas semifinais do Masters 1000 de Miami, na costa leste norte-americana, e fizeram um jogaço. Em 3 tie-breaks, Federer ganhou por 2 sets a 1 – com as parciais de 7/6 (11/9), 6/7 (9/11) e 7/6 (7/5), após 3 horas e 10 minutos de partida.

Antes do duelo desta sexta-feira, os dois haviam se enfrentado no circuito profissional apenas no Masters 1000 de Madri, na Espanha, em 2015, e o australiano venceu em dois tie-breaks. Ou seja, grande equilíbrio no confronto. Fato que não acontece, nos números, com o próximo rival de Federer. Na final em Miami, neste domingo, jogará contra o espanhol Rafael Nadal, contra quem perde no retrospecto por 23 a 13, sendo 14 a 8 em decisões. Mais cedo, o tenista da Espanha passou pelo italiano Fabio Fognini.

Com a marca de 90 títulos conquistados no circuito profissional, Roger Federer disputará a sua 144.ª final na carreira. Será a 44.ª em Masters 1000 e a busca será pela 26.ª taça neste tipo de competição – já ganhou em Miami em 2005 e 2006. Se perde no retrospecto geral para Rafael Nadal, ao menos nesta temporada o suíço está melhor que seu grande rival. Venceu as duas partidas que fizeram: na final do Aberto da Austrália, em janeiro, e nas oitavas de final em Indian Wells.

Como era esperado, o jogo desta sexta-feira apresentou muito equilíbrio, com Nick Kyrgios apostando em saques poderosos e Roger Federer respondendo muito bem, fazendo o australiano correr pela quadra. Como consequência disso e pelo temperamento forte, o tenista da Oceania se irritou em alguns momentos e chegou a atirar a sua raque no chão.

O momento de maior irritação do australiano foi em uma bola decisiva no terceiro tie-break. Nick Kyrgios reclamou muito porque alguém da plateia teria gritado “fora” em uma bola boa de Roger Federer. Logo na sequência, ele cometeu uma dupla falta e deu o match-point ao suíço.