Estadão

Governo não recebeu comunicado oficial de desistência de Adriano Pires, diz MME

O Ministério de Minas e Energia emitiu nota oficial em que nega ter conhecimento da desistência de Adriano Pires para comandar a Petrobras. "O Palácio do Planalto e o Ministério de Minas e Energia não receberam nenhum comunicado oficial do Senhor Adriano Pires nesta segunda-feira (04/04)", diz a assessoria de imprensa da pasta.

No entanto, como mostraram o jornal O Estado de S. Paulo e o Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado), Adriano Pires já desistiu de assumir o comando da estatal depois de o governo receber informações de que o nome do indicado não seria aprovado pela política de governança da empresa.

O escolhido pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, é sócio fundador do Centro Brasileiro de Infraestrutura (Cbie), que tem contratos de longo prazo com petroleiras e empresas de gás, como a Cosan, o que poderia configurar conflitos de interesse.