Saúde

Guarulhos vai armazenar e distribuir vacinas contra a Covid-19 para todo o Brasil

As estruturas do Aeroporto Internacional e do Complexo Logístico serão essenciais para o cumprimento da demanda da campanha

Guarulhos foi escolhida pelo Ministério da Saúde como a cidade central para armazenar e distribuir as vacinas utilizadas no combate ao coronavírus no Brasil. As estruturas do Aeroporto Internacional e do Complexo Logístico serão essenciais para o cumprimento da demanda da campanha, que deve ser iniciada no próximo dia 20.

O complexo de armazenamento está localizado na Jamil João Zarif, região do Taboão, bem próximo ao aeroporto. Há um espaço disponível de 36 mil metros quadrados, divididos em setores de climatização, refrigeração e congelamento. O estabelecimento, maior da América Latina no gênero, conta com três câmeras frias e 11 ruas, além de docas refrigeradas. Ainda assim, a estrutura passa por um processo de expansão de capacidade.

A vacina será enviada aos estados por meio de aviões fretados da FAB (Força Aérea Brasileira) que sairão dessa central e embarcarão ao lado, no aeroporto da cidade.

Apesar do planejamento, o início da campanha no dia 20 ainda depende da aprovação de duas vacinas que aguardam aval da Anvisa: Coronavac e AstraZeneca/Oxford. A agência deve decidir neste domingo, 17, sobre a autorização do uso emergencial de ambas.