Cidades

Índice de vítimas fatais cai 20% no feriado de ano novo

Balanço do período aponta também queda nos indicadores de acidentes e de vítimas feridas

 

 

O índice de vítimas fatais (IM) registrados durante a Operação Ano Novo de 2012/2013 apresentou queda de 20% em comparação com o feriado de 2011/2012. Os indicadores foram de 1,19 no ano passado contra 0,95 neste ano. A contagem foi realizada entre às 14h de sexta, dia 28, até as 24h de terça, dia 1º. 

 


O índice de acidentes (IA) também apresentou redução de 7,8%, em comparação ao mesmo período do ano passado. No feriado de 2011/2012 o índice registrado foi de 1,19. Em 2012/2013, o índice apontou 0,43. Ainda nesta Operação Ano Novo, o índice de vítimas feridas (IF) registrado foi de 24,42, o que representa queda de 10,3% se comparado ao indicador do ano passado que apontou IF de 27,22.

É preciso esclarecer que os índices não são números absolutos, eles são calculados levando-se em consideração, além dos dados quantitativos, a extensão das rodovias, o volume diário médio de veículos (VDM) nas estradas e o período analisado.

Esta metodologia, que começou a ser discutida no Brasil na década de 1970, é necessária para que haja uma comparação tecnicamente correta, já que há vários fatores que determinam se o final de semana foi mais ou menos violento.

 

 
Movimento nas Estradas

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER), órgão vinculado à Secretaria Estadual de Logística e Transportes (SLT), registrou grande movimento nas rodovias de acesso ao litoral paulista e litorâneas durante a Operação Ano Novo.

Na Rodovia Rio-Santos (SP-055), o movimento registrado entre a ida e volta do feriado foi de 200.795 veículos. Na Rodovia Padre Manoel da Nóbrega (SP-055), entre Itanhaém e Praia Grande, o registro foi de 390.867 veículos. 

A Rodovia Mogi Bertioga (SP-098) recebeu 149.094 veículos entre a ida e volta do litoral. Já pela Rodovia Oswaldo Cruz (SP-125) passaram 64.708 veículos no sentido Ubatuba.