Esportes

“Joga, Garota!” recebe 150 meninas em escola no Jardim Pinhal

Foto: Moah

O Instituto JB12, organização social sem fins lucrativos que utiliza o esporte como ferramenta para a transformação social, realizou na tarde de ontem (26) o evento “Joga, Garota!”.

Com base no tema “Lutando pela Igualdade de Direitos”, a ação contemplou 150 meninas, entre 8 e 18 anos, integrantes do Instituto JB12 e da Escola Estadual Maria Leoni – no Jardim Pinhal – por meio da oferta de um conjunto de atividades como jogos populares e de múltiplas modalidades esportivas, além de apresentações culturais e premiações.

As meninas protagonizaram todo o processo de construção e execução do evento, decidindo sobre as dinâmicas e ações realizadas, seja por meio da condução e orientação das atividades físicas, seja pela representação nos diferentes movimentos culturais e educativos ofertados: música com a DJ Helen Fabiana, poesia falada com as meninas do coletivo Slam do Prego, resenha (bate-papo com meninas e mulheres de diferentes lugares de fala sobre suas histórias de vida, esporte, gênero e direitos humanos), música ao vivo com o grupo Samba D’ Pretinha, interação em tempo real nas redes sociais, entre outras atividades.

O Joga, Garota! tem por objetivo empoderar e reconhecer as meninas como protagonistas de suas próprias escolhas por meio de ações que visem combater a desigualdade de gênero e a prevalência de uma visão masculina sobre a feminina em todas as dimensões da vida social (classe, gênero, étnico/racial, educação, esporte).

O evento foi realizado com base nas orientações dos órgãos de saúde, levando em consideração o mínimo de duas doses de vacinação contra à Covid-19 para crianças menores de 12 anos, e três doses (ciclo vacinal completo) para adolescentes e adultos. Além disso, contou com a presença de uma profissional de saúde para a realização dos primeiros socorros e o apoio das empresas Fisia, distribuidora oficial da Nike no Brasil, Extrusa-pack, Guarupass, Vidióla, Viação Campo dos Ouros, os comércios Papelaria Ikê, Mercadinho Novidade de Guarulhos, rede Atacadão da carne, padaria Jardim Monte Carmelo e a Escola Estadual Maria Leoni. O Instituto também possui apoio institucional da Rede de Esporte Pela Mudança Social, da Escola Estadual Prof.ª Odete Fernandes e de um conjunto de voluntários/as que compõem o seu quadro de colaboradores/as.

Como convidadas/os, estiveram presentes Neide Santos, fundadora do Projeto Vida Corrida, Gisele Barbin, representante comercial do Grupo Extrusa-pack, Miguel Machado, representando a Fisia/Nike, Luciana Scarin, Educadora de Atividades Físico-esportivas no Sesc Pompeia, Mariana Nunes, nadadora paratleta integrante do comitê paralímpico brasileiro, Maya Honório, atleta trans, bailarina do Núcleo de Dança Luana Rodrigues, Stefanny Lais, participante do Instituto JB12 e funcionária da Nike Premium SP, além de algumas mães e responsáveis pelas jogadoras participantes.

Atualmente, o Instituto JB12 atende regularmente 200 crianças e adolescentes, dos quais, 65% são meninas. Inserido no contexto do esporte educacional para o desenvolvimento humano, suas práticas tem como objetivo democratizar o acesso ao esporte e a atividade física com base na construção coletiva de valores voltados ao exercício da cidadania e de ações educativas que respeite direitos, interesses e potencialidades na perspectiva de transformar as relações por meio da cultura corporal de movimento.

Para maiores informações sobre esse e outros projetos do Instituto JB12, acesse as seguintes redes sociais:
Instagram: @institutojb12
Site: www.institutojb12.org.br
E-mail: [email protected]
Whatsapp: 11 98538-2043