Estadão

Overmars, ex-diretor do Ajax acusado de assédio, é contratado por time belga

O ex-atacante e atual dirigente esportivo Marc Overmars foi anunciado como novo diretor de esportes do Antuérpia, da Bélgica, nesta segunda-feira. O ex-atleta holandês havia deixado o Ajax há cerca de um mês por conta de acusações de assédio contra funcionárias do clube de Amsterdã.

"Eu quero virar a página do que aconteceu no Ajax e iniciar um novo capítulo aqui. Minha saída do Ajax foi infeliz, tenho que superar isso e seguir em frente, é isso que farei a partir de agora. O que aconteceu no Ajax não teve influência em minhas conversas com o Antuérpia, que correram muito bem. Aquela conduta não irá se repetir", afirmou o dirigente em entrevista à mídia belga.

O holandês teve demissão imediata do Ajax após admitir ter enviado mensagens inapropriadas para mulheres que também trabalhavam no clube. Overmars ocupava o cargo de diretor de esportes no clube dos países baixos até o último mês e pediu desculpas por sua conduta.

Sven Jaecques, diretor geral do Antuérpia, admitiu não ter consultado as funcionárias mulheres do clube antes da contratação de Overmars. "Nós também somos um clube que deseja dar segundas chances às pessoas", disse.

Overmars, de 48 anos, substituirá Luciano dOnofrio no cargo do time belga, que atualmente ocupa a terceira colocação na liga nacional. O contrato assinado tem duração de quatro anos. Como jogador, Overmars teve uma carreira de sucesso na Europa. O meia-atacante defendeu clubes tradicionais como Ajax, Arsenal e Barcelona.

Overmars havia sido confrontado internamente no Ajax por diversos relatórios que mostravam mensagens inapropriadas que ele mandou a diversas funcionárias do Ajax por um longo período, segundo confissão do dirigente. Ele acabou demitido do clube no início do último mês de fevereiro.