Economia

Petróleo sobe no aguardo de Reunião da Opep

Os preços do petróleo recuperaram terreno na manhã desta terça-feira, mas permanecem próximos às mínimas dos últimos quatro anos devido ao peso do excesso de oferta no mercado internacional. Os investidores seguem no aguardo de um posicionamento da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), que se reúne em Viena na próxima semana.

“O mercado atual está com um excesso de oferta, sem dúvidas”, afirmam analistas da Energy Aspects em notas enviadas aos clientes, salientando que os estoques globais de óleo aumentaram entre abril e setembro na média de 1 milhão de barris a 1,5 milhão de barris por dia. O mercado também continua a ignorar problemas na oferta, como a redução na produção da Líbia.

Espera-se que com a chegada do inverno no hemisfério norte a demanda por petróleo aumente e faça elevar os preços do produto, mas, até o momento, o mercado parece estar nas mãos de uma decisão da Opep. O Commerzbank estima que a entidade terá de reduzir a produção em 1,5 milhão de barris por dia para equilibrar oferta e demanda.

Às 9h08 (de Brasília), o Brent para janeiro subia 0,16%, a US$ 79,44 por barril, na plataforma eletrônica ICE, enquanto na Nymex, o petróleo para dezembro ganhava 0,40%, a US$ 75,94 por barril. Fonte: Dow Jones Newswires.

Comentar

Clique aqui para comentar