Esportes

Ponte Preta vira sobre o Atlético-PR e segue na cola dos líderes

A Ponte Preta quebrou um tabu de dez anos e voltou a vencer pelo Campeonato Brasileiro neste domingo. Em um jogo bem disputado, o time de Campinas se aproveitou do bom rendimento em casa e superou o Atlético-PR, por 2 a 1, de virada, na tarde deste domingo, no Estádio Moisés Lucarelli. O duelo foi válido pela nona rodada.

A Ponte não vencia os paranaenses desde 24 de abril de 2005, quando ganhou por 1 a 0, na Arena da Baixada, pelo Brasileirão. De lá para cá, foram cinco jogos, um empate e quatro derrotas. A vitória mantém os campineiros, que não venciam há três rodadas, na parte de cima da tabela, com 16 pontos, na oitava posição. Na última rodada, a equipe perdeu a invencibilidade diante do Fluminense, por 2 a 0, no Maracanã. Os paranaenses caíram para o sexto lugar, com 16 pontos.

O jogo foi bem movimentado, com dois tempos distintos. No primeiro, os paranaenses impuseram um ritmo de jogo muito intenso e contaram com tarde inspirada do atacante Walter. Os visitantes saíram na frente aos 27 minutos. O lateral Eduardo levantou pela direita, e ninguém marcou o meia Nikão, que chutou de primeira, no canto direito do goleiro Marcelo Lomba. Um golaço.

Mesmo sem apresentar um grande futebol, a Ponte conseguiu chegar ao empate poucos minutos depois. Aos 29 minutos, o atacante Biro Biro deixou o meia Renato Cajá livre na área pelo lado esquerdo. O camisa 10 soltou uma bomba de canhota, sem chances para o goleiro Santos.

No segundo tempo, o domínio foi total dos campineiros, que apostaram em um ritmo mais cadenciado e de toque de bola. A evolução dos donos da casa foi gradativa e embalada pela grande atuação de Biro-Biro. Foi novamente dele a assistência que resultou no gol de virada, aos 25 minutos. O atacante encontrou o meia Felipe Azevedo, que só tocou na saída do goleiro.

Na próxima quinta-feira, às 19h30, a Ponte Preta volta a campo para enfrentar o Corinthians, no Itaquerão, em São Paulo. Enquanto isso, o Atlético-PR joga contra o São Paulo, na quarta-feira, às 22 horas, na Arena da Baixada, em Curitiba.

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA 2 X 1 ATLÉTICO-PR

PONTE PRETA – Marcelo Lomba; Rodinei, Tiago Alves (Renato Chaves), Pablo e Gilson; Fernando Bob, Vitor Xavier e Renato Cajá; Felipe Azevedo (Roni), Biro-Biro (Paulinho) e Diego Oliveira. Técnico: Guto Ferreira.

ATLÉTICO-PR – Santos; Eduardo (Felipe), Gustavo, Ricardo Silva e Natanael; Otávio, Hernani (Cléo) e Ytalo (Edigar Júnio); Marcos Guilherme, Nikão e Walter. Técnico : Milton Mendes.

GOLS – Nikão, aos 27, e Renato Cajá, aos 29 minutos do primeiro tempo. Felipe Azevedo, aos 25 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Francisco Carlos do Nascimento (AL)

CARTÕES AMARELOS – Tiago Alves (Ponte Preta); Hernani, Marcos Guilherme (Atlético-PR)

RENDA -R$ 81.980,00

PÚBLICO – 4.858 pagantes

LOCAL – Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)